UNINDO AS PONTAS SOLTAS


Como diria o Grande golfista, escritor, poeta e multi facetado Thomaz Albornoz Neves, O TG, precisamos unir as pontas soltas do golfe, precisamos criar um elo entre os juvenis talentosos que possuímos e a profissionalização. Para estes juvenis terem a perspectiva de que no futuro terão um norte dentro do esporte, quer seja como jogadores de alto desempenho ou como professores de golfe, habilitados, capacitados e legalizados. Hoje os Mestres que tem a função de passar as novas gerações o seu conhecimento não recebem o reconhecimento adequado em vista da importância que tem em serem formadores das novas gerações.
Enxergando esta lacuna a FRGG está montando uma diretiva de profissionais que estará intimamente ligada a federação, ela já esta composta por três nomes de consenso, Bruno Dantas, Luis Silveira e Gabriel Schumacker, que já estão se reunindo, formatando, propondo e sugerindo, enfim saímos da Inercia!
Federação Riograndense de Golfe, uma entidade de golfistas para Golfistas.

Artigos semelhantes

Topo