O golfe brasileiro diz adeus ao grande mestre Rubens Mandarino

Ontem (26/03/2020) perdemos Rubens Mandarino, 92 anos. Vindo de uma família de esportistas, irmão do grande tenista Édson Mandarino, “tio Manda”, como carinhosamente era chamado pelos golfistas mais novos, foi um dos maiores incentivadores do golfe em nosso estado. Jornalista e radialista, tinha no bom humor e na integração com as pessoas características próprias. Conseguia conciliar o Golfe sério com a alegria que lhe era peculiar. Sempre disposto a participar dos eventos da federação em seu extenso calendário, comandou por anos os históricos “leilões” dos jogadores, brincadeira que antecedia os torneios do nosso estado com apostas em que seriam os campeões. Por sua história no golfe, é agraciado com um torneiro em seu nome promovido pelo Rosário Golf Club e por diversas vezes homenageado no Club Campestre de Livramento, seu clube de origem e coração. Rubens Mandarino deixará saudades e servirá de exemplo para as futuras gerações de golfistas.

Nossos sentimentos a família e amigos,

Diretoria FRGG

Artigos semelhantes

Topo